quinta-feira, 8 de março de 2018

tell me it's okay to live life this way


É como se houvesse duas forças antagônicas em mim: uma muito sociável, que ama e deseja a companhia de pessoas e outra que só quer silêncio e espaço para si. Elas entraram em tensão profunda perto do meu aniversário e eu não sabia bem a qual conceder a vitória. Já tínhamos combinado quase todos os detalhes da viagem e eu ainda considerava pegar um ônibus e ficar olhando o mar até cansar. Ao mesmo tempo, eu sabia que ia gostar de três dias com amigos, na serra, comendo minhas comidas favoritas. Provavelmente a minha tendência natural é a de gostar da solidão e, então, lutei um pouco contra ela e decidi manter a viagem. O que foi ótimo, e os 28 começaram com cachoeira, vista aérea, nozinho de mussarela e uns jogos de cartas para divertir.

27 // 26 // 25 // 24 // 23 // 22 
















3 comentários:

  1. Ainda bem que escolheu ficar com os amores.
    Amei as fotos.

    Beijos e feliz aniversário.

    ResponderExcluir
  2. Oii Bárbara. Mesmo sem te conhecer, fiquei feliz que solidão tenha sido vencida e esses momentos das fotos - que passam um ar tão relaxante e aconchegante - tenham acontecido. Aniversários aguçam aquela reflexão que já mora dentro da gente, mas que só sai de vez em quando. Mas quando estamos com as pessoas especiais não precisamos refletir sobre idade, tempo, e passado. A gente só precisa curtir ali o momento presente. Feliz aniver atrasado, um beijo! <3



    www.moonriverandme1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Essa primeira frase do post me descreve completamente Babi. Loucura isso. Esse ano eu optei pela solidão (também ajudou o fato do meu aniversário cair no primeiro dia do Carnaval, o que me puxou automaticamente para a introspecção). Beijo querida e feliz 28!

    ResponderExcluir